TV de LED: imagem e tecnologia

Velha conhecida nossa, a tecnologia LED está presente na maioria dos eletrônicos do nosso cotidiano. Controles remotos, computadores, eletrodomésticos, calculadoras e pen drives são alguns exemplos. A luz de LED foi criada pelos russos na década de 1920 e popularizada pelos americanos na década de 1960, mas somente nos últimos anos ela foi direcionada para novas tecnologias. Esta luz é mais econômica do que as lâmpadas incandescentes e fosforescentes, e com o passar do tempo o LED vai enfraquecendo, mas nunca irá queimar, devido às suas propriedades físicas.

Nos últimos anos o LED está sendo utilizado em outras finalidades, saindo dos pequenos dispositivos e indo para câmeras digitais, celulares, e faróis de carro. As televisões de LED são as mais recentes conquistas desta tecnologia.

Indiscutivelmente os televisores de LED têm a melhor qualidade em todos os quesitos visuais. As cores mais vivas e com uma maior gama, isto é, o preto é profundo e o branco é puro -– LCD e Plasma ficam devendo neste aspecto. As televisões de LED também oferecem alta nitidez e brilho intenso devido ao “backlight” ser composto por um painel cheio de luzinhas de LED. Para cada pixel na tela, há um conjunto com um LED azul, um verde e um vermelho.

Estes aparelhos televisores também são bem mais finos dos que os LCD e plasma, podendo alcançar a marca de apenas três centímetros de espessura. Inclusive são mais leves, pois não utilizam chumbo na soldagem de componentes, nem lâmpadas fluorescente, tornando a TV isenta de mercúrio. Ou seja, estes fatores garantem que a televisão de LED não cause impacto no meio ambiente após sua vida útil.

Em relação à sua durabilidade, a TV de LED tem vida útil de 60 mil horas, equivalente a 20 anos se ficar ligada 8 horas por dia. Além disso, os proprietários destes aparelhos contam com um baixo consumo de energia, podendo alcançar uma economia de até 40% em relação às TVs de plasma e LCD. Em virtude destes benefícios, o resultado não poderia ser outro: o custo das televisões de LED no Brasil ainda é bem elevado comparado aos outros aparelhos. Segundo alguns fabricantes, dentro de cinco a sete anos este valor será reduzido.

Veja artigos relacionados

Comentários (0)

Deixe o seu comentário!